segunda-feira, 6 de dezembro de 2021

Trecho que liga Ouricuri a Exu está entre as dez piores estradas do Brasil

 


A qualidade das rodovias brasileiras piorou no último ano. É o que mostra a 24ª Pesquisa CNT de Rodovias, divulgada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) e pelo SEST SENAT.

A região Nordeste é a terceira mais afetada pelas péssimas condições das rodovias do País, perdendo apenas para as regiões Norte e Sul. De acordo com a pesquisa, o Norte apresenta problemas em 77,8% da malha rodoviária, o Sul em 64,7% e o Nordeste em 64,1%. O Centro-Oeste aparece com 61,3% e o Sudeste com 51,1%.

A situação mais crítica no Nordeste é de Sergipe (38,4%), seguido por Maranhão (36,3%) e Pernambuco (32,4%). Seriam necessários R$ 15,2 bilhões em investimentos para recuperar a malha rodoviária dos nove estados da região, aponta o estudo.

Três entre as dez piores rodovias brasileiras estão em Pernambuco: a PE-177, que liga Quipapá a Garanhuns, no Agreste, a PE-545, que liga Exu a Ouricuri, no Sertão e a PE-096, que liga Palmares a Bezerros, na Mata Sul.

Além das rodovias estaduais, foram apontados como “ruim” ou “péssimo” os trechos das estradas federais BR-116, BR-316 e BR-408 que cortam Pernambuco.



Por Juliana Lima


Nenhum comentário:

Postar um comentário





Miguel Coelho sai fortalecido da eleição

Apesar de não ter ido ao segundo turno, o candidato a governador Miguel Coelho teve uma votação expressiva, que o coloca como uma nova lider...

Arquivo do blog