quarta-feira, 14 de setembro de 2022

Moradores de Exu protestam e dizem que estão há 40 dias sem água nas torneiras


Moradores de Exu, alegam que estão há mais de 40 dias sem ter abastecimento de água. Na última segunda-feira (12), um grupo realizou uma manifestação cobrando da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) a solução do problema. O ato contou com a presença de moradores do bairro Valdir Parente e Centro.

Segundo os moradores, mesmo pagando as contas em dia, o abastecimento de água nas casas é precário. “Vivemos pagando uma conta de um serviço que não temos e ainda temos que comprar pipas de água, pois não temos como ficar sem esse líquido precioso e indispensável”, disse a moradora Maria Creuza de Sousa Peixoto.

Eles disseram que já procuraram a Compesa diversas vezes para tentar resolver a situação, mas nenhuma solução foi apresentada. Além do Centro e do Valdir Parente, os manifestantes dizem que o problema de abastecimento afeta vários bairros da cidade.

Em nota, a Compesa informou que “o calendário de abastecimento da cidade de Exu, atualmente, é de dois dias com água e 20 dias sem. Porém, no último mês, devido ao serviço de instalação de um terceiro conjunto motobomba na cidade de Orocó, cujo objetivo é incrementar em 50 litros por segundo a vazão de distribuição para os municípios de Parnamirim, Santa Maria da Boa Vista, Ouricuri, Bodocó, Exu, Moreilândia, Santa Cruz, Santa Filomena, Trindade, Ipubi, Granito e Araripina, houve uma redução na vazão de distribuição para esses municípios, durante o período da instalação do equipamento”.

Ainda segundo a Compesa, “o serviço foi concluído na quarta-feira (7) e o abastecimento foi iniciado em algumas áreas da cidade. Porém, na sexta- feira (9) e no domingo (11), foram identificados vazamentos na adutora do Sistema Integrado Luiz Gonzaga e o abastecimento precisou ser suspenso para a realização dos reparos. As intervenções  já foram finalizadas e o abastecimento está sendo retomado de maneira gradativa, com previsão de normalização nos próximos dias”.

A Compesa finalizou a nota orientando aos moradores que não receberam água nos últimos 30 dias a procurarem a loja de atendimento que fica localizada na Rua João Moreira s/n, Centro para realizar o cancelamento da fatura.



Por g1 Petrolina

Nenhum comentário:

Postar um comentário





Hemope abre inscrições para concurso público com vagas para Ouricuri

As inscrições para o concurso público que oferece 92 vagas para  a Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco (Hemope) foram aberta...

Arquivo do blog