quarta-feira, 17 de agosto de 2022

Mulheres presas em operação contra extorsão e lavagem de dinheiro movimentaram R$ 428 mil em 4 meses

Foto: Polícia Civil/Divulgação

A ação policial contra uma quadrilha de extorsão e lavagem de dinheiro, deflagrada nesta terça (16), em Pernambuco e em São Paulo, cumpriu mandados de prisão de sete mulheres. 

Elas agiam seguindo ordens de presidiários e, segundo a polícia, movimentaram, em quatro meses, R$ 428 mil.

Alvos da Operação Cartada Final, essas mulheres foram presas no Grande Recife, no interior de Pernambuco e na cidade de Cotia (SP). O grupo é responsável por ameaças feitas a comerciantes, por aplicativos de mensagens, e cobrança de dinheiro por PIX.

Elas têm ligação direta com os detentos, que estão no Presídio de Igarassu e na Penitenciária Barreto Campelo, em Itamaracá, na Região Metropolitana. Os nomes das mulheres e dos homens não foram divulgados.

Ainda segundo a polícia, no grupo de mulheres há esposas, namoradas e irmãs desses detentos. Na casa de uma delas, na Iputinga, na Zona Oeste do Recife, os policias apreenderam quase R$ 9 mil em dinheiro.



Por g1 PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário





Hemope abre inscrições para concurso público com vagas para Ouricuri

As inscrições para o concurso público que oferece 92 vagas para  a Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco (Hemope) foram aberta...

Arquivo do blog